Lesson 1, Topic 1
In Progress

Linhas de Referência

Linhas de referência

  1. As linhas batimétricas são ótimos pontos de referência. Qual é o perfil do terreno? Tem um declive suave ou abrupto ou é plano? Verifique a profundidade. Em muitos locais pode-se seguir o perfil da linha de costa seguindo uma profundidade constante. A profundidade pode também permitir saber se estamos a avançar ou se nos estamos a afastar das margens, dado que a profundidade tem tendência a aumentar quando nos afastamos da costa
  2.  A fronteira areia/rocha é também uma linha de referência que pode ser seguida durante um mergulho. Esta linha poderá não ser paralela à costa, no entanto serve-nos perfeitamente para nos conduzir a um ponto qualquer no qual esteja contida ou que esteja próximo.
  3. As formações rochosas submersas são geralmente a continuação da linha da costa, daí a razão para fixar os recifes que afloram à superfície. Se eles forem estratificados, é possível que os que estão situados debaixo de água também o sejam, e que os rochedos sejam normalmente paralelos á costa.
  4. O relevo do fundo como canais e vales pronunciados, são também linhas de referência que o mergulhador poderá utilizar na sua progressão.
  5. As linhas de referência artificiais, estruturas que se desenvolvem numa determinada direção, emissores, etc., são outras fontes que o mergulhador deve aproveitar para saber para onde se dirige.